Resistência nacional e luta de libertação nacional de Cabo Verde

Resistência nacional e luta de libertação nacional de Cabo Verde

Formas de resistência contra a colonização portuguesa Durante todo o seu passado de escravatura e dominação colonial, o povo cabo-verdiano nunca aceitou passivamente a sua condição de povo colonizado. Pelo contrário, desde sempre recorreu a diferentes formas para manifestar a sua resistência e repúdio contra a dominação colonial portuguesa. Conforme as possibilidades e as circunstâncias […]

consulte Mais informação
Povos que contribuíram para a formação do homem cabo-verdiano

Povos que contribuíram para a formação do homem cabo-verdiano

Povos que contribuíram para a formação do homem cabo-verdiano Para a formação da sociedade cabo-verdiana participaram, inicialmente, dois grandes grupos étnicos bastante distintos: brancos europeus e negros africanos. Europeus Os brancos, grupo numericamente minoritário, era constituído por europeus de diferentes nacionalidades: portugueses, genoveses, castelhanos, cristãos-novos, e não só. No que dizem respeito aos europeus, os […]

consulte Mais informação
Formação da identidade cultural cabo-verdiana

Formação da identidade cultural cabo-verdiana

Identidade Para António Perotti (1997), Identidade é a maneira como os indivíduos e os grupos se revêm e se definem nas suas semelhanças e diferenças relativamente a outros indivíduos e grupos. Este autor salienta que, o termo, quando aplicado ao indivíduo, encerra dois sentidos. O primeiro diz respeito ao «conceito de identidade», que tem sobretudo […]

consulte Mais informação
Contributos da Europa e África na formação da cultura cabo-verdiana

Contributos da Europa e África na formação da cultura cabo-verdiana

As Matrizes Africanas e Europeias da Identidade Cabo-verdiana Já foi referenciada em passagens anteriores (Cf:13) a heterogeneidade étnica e cultural dos grupos humanos (europeus e africanos) que, num esforço para sobreviverem às dificuldades, misturaram-se, étnica e culturalmente, originando assim, um povo com uma personalidade e identidade definida, fruto de um trabalho lento de cinco séculos […]

consulte Mais informação
Literatura cabo-verdiana e afirmação da cultura cabo-verdiana

Literatura cabo-verdiana e afirmação da cultura cabo-verdiana

Literatura cabo-verdiana e afirmação da cultura cabo-verdiana: o papel dos escritores cabo-verdianos na construção da identidade cabo-verdiana A afirmação da identidade cultural cabo-verdiana está intimamente ligada à sua história literária. A literatura serviu como base de afirmação, arma de combate e realização simbólica da cabo-verdianidade, em diferentes momentos de afirmação. A identidade crioula construiu-se e […]

consulte Mais informação
Colonização portuguesa e política assimilacionista

Colonização portuguesa e política assimilacionista

Entre os séculos XIX e XX, as potências coloniais europeias colonizaram as populações africanas, tendo como suporte ideológico a ideia de superioridade da «raça branca». Por conseguinte, classificavam os africanos como povos atrasados, “bárbaros” e “primitivos”, destituídos de história e cultura. Por isso, consideravam os colonizadores europeus, eles deveriam ser retirados do seu «estado primitivo» […]

consulte Mais informação
Resistência nacional e luta de libertação nacional de Cabo Verde

Resistência nacional e luta de libertação nacional de Cabo Verde

Formas de resistência contra a colonização portuguesa Durante todo o seu passado de escravatura e dominação colonial, o povo cabo-verdiano nunca aceitou passivamente a sua condição de povo colonizado. Pelo contrário, desde sempre recorreu a diferentes formas para manifestar a sua resistência e repúdio contra a dominação colonial portuguesa. Conforme as possibilidades e as circunstâncias […]

consulte Mais informação
Identidade nacional: enquadramento teórico – Cabo Verde

Identidade nacional: enquadramento teórico – Cabo Verde

O conceito de identidade nacional Perguntas de partida Perguntas para reflexão e construção do conceito de identidade nacional. Qual é a nossa nacionalidade? Afinal, o que temos em comum? Porque todos nós nos sentimos cabo-verdianos? Nós somos cabo-verdianos. E o que nos faz sentir todos cabo-verdianos é o facto de termos um passado comum, partilhamos […]

consulte Mais informação
O processo de miscigenação

O processo de miscigenação

No processo de formação do homem cabo-verdiano, a miscigenação aparece como factor fundamental. Miscigenação é o cruzamento de raças humanas diferentes. Por outras palavras, a miscigenação é a consequência da união sexual entre pessoas com tipos rácicos diferentes. Desse processo, também chamado mestiçagem ou caldeamento, pode-se dizer que caracteriza a evolução do homem. O indivíduo […]

consulte Mais informação
Povos que contribuíram para a formação do homem cabo-verdiano

Povos que contribuíram para a formação do homem cabo-verdiano

Povos que contribuíram para a formação do homem cabo-verdiano Para a formação da sociedade cabo-verdiana participaram, inicialmente, dois grandes grupos étnicos bastante distintos: brancos europeus e negros africanos. Europeus Os brancos, grupo numericamente minoritário, era constituído por europeus de diferentes nacionalidades: portugueses, genoveses, castelhanos, cristãos-novos, e não só. No que dizem respeito aos europeus, os […]

consulte Mais informação
O legado da civilização islâmica

O legado da civilização islâmica

Cultura, ciência e técnica Os muçulmanos puseram em contacto povos muito diversos e desenvolveram uma importante civilização nas zonas que dominaram. Asimilaram e reelaboraram elementos culturais provenientes de países de grandes civilizações, criando, ao mesmo tempo, uma cultura rica e singular. Assim, graças aos muçulmanos, muitas ciências e técnicas foram conhecidas na Europa. Foi por […]

consulte Mais informação
O islamismo: origem e difusão

O islamismo: origem e difusão

Contexto histórico do surgimento do islão A Península Arábica no período em que surgiu o Islão O Islão foi fundado pelo profeta Maomé, no século VII, na cidade de Meca, situada na atual Arábia Saudita. Península arábica A Arábia é uma península asiática situada entre o golfo Pérsico, o mar Vermelho e o deserto da […]

consulte Mais informação
O nascimento da Europa

O nascimento da Europa

 As invasões bárbaras Para lá das fronteiras do Império Romano, viviam diversos povos que por serem estranhos à civilização romana (não falavam o latim e nem possuíam costumes romanos), eram designados por bárbaros. De entre estes destacavam-se os povos germânicos. Os povos germânicos dividiam-se em numerosas tribos e receberam esse nome por habitarem a região […]

consulte Mais informação
O conceito de História e Geografia

O conceito de História e Geografia

Saber História e Geografia é ser capaz de observar um fenómeno ou acontecimento, descrevê-lo, interpretá-lo e situá-lo no espaço e no tempo, para assim verificar as mudanças e permanências. O que é História? A conceitualização do termo História constitui uma tarefa complexa, pois a explicitação do seu significado tem variado no decorrer do tempo, variando […]

consulte Mais informação
Decisões, Causas e Objectivos da Conferência de Berlim

Decisões, Causas e Objectivos da Conferência de Berlim

Decisões Na conferência de Berlim, foram enunciadas algumas regras: Foi determinado o princípio de ocupação efectiva, pelo qual cada potência devia ocupar efectivamente os territórios ou áreas da sua influência para que fosse reconhecida a sua soberania; As bacias do Congo e do Níger eram declaradas livres ao comercio internacional; Era necessário acomodar iniciativas, coordenar […]

consulte Mais informação
A Igreja Católica no Ocidente Europeu

A Igreja Católica no Ocidente Europeu

Com o desmembramento do Império Romano do Ocidente e a formação de vários reinos bárbaros, instáveis e desorganizados, a Igreja constitui a única instituição disciplinada e organizada, mantendo a antiga organização administrativa da época imperial, ou seja, províncias, por sua vez subdivididas em dioceses. As dioceses eclesiásticas (o termo igreja vem do grego ecclesia = assembleia) são […]

consulte Mais informação
A luta de libertação nacional em Cabo Verde

A luta de libertação nacional em Cabo Verde

A luta de libertação nacional Cabo-Verdiana Em Cabo Verde, a luta de libertação nacional só teve início com a emergência de uma consciência nacionalista no seio dos intelectuais cabo-verdianos que, a partir da década de 1950, passam a contestar abertamente o colonialismo português e a reivindicar a independência de Cabo Verde. Essa tomada de consciência […]

consulte Mais informação
A partilha e conquista de África

A partilha e conquista de África

Depois da conferência de Berlim, desencadeou-se a corrida para África e isto constituiu, provavelmente, o principal pecado do imperialismo. As diferentes nações imperialistas penetraram em África de diferentes formas. Em alguns casos, a via foi pacífica, pela assinatura de tratados e acordos formais com os chefes, outros casos houve guerra, guerrilha e confrontos. Formas de […]

consulte Mais informação
Algumas manifestações mais marcantes da cultura cabo-verdiana

Algumas manifestações mais marcantes da cultura cabo-verdiana

A língua cabo-verdiana – o crioulo A língua crioula cabo-verdiana nasce e afirma-se com a origem do povo cabo-verdiano. Resultado da conjuntura do povoamento e colonização do arquipélago, ela é reconhecida como importante elemento da identidade e da cabo-verdianidade. Para os cabo-verdianos a língua crioula não é apenas um meio de comunicação, mas também de afirmação […]

consulte Mais informação
Ecologia (História)

Ecologia (História)

Introdução A palavra ecologia foi empregada pela primeira vez pelo biólogo alemão E. Haeckel em 1866 em sua obra Generelle Morphologie der Organismen . Ecologia vem de duas palavras gregas: Oikós que quer dizer casa, e logos que significa estudo. Ecologia significa, literalmente a Ciência do Habitat. É a ciência que estuda as condições de existência dos seres vivos […]

consulte Mais informação
Hino de Moçambique

Hino de Moçambique

Na memória de África e do Mundo Pátria bela dos que ousaram lutar Moçambique, o teu nome é liberdade O Sol de Junho para sempre brilhará Moçambique nossa terra gloriosa Pedra a pedra construindo um novo dia Milhões de braços, uma só força Oh pátria amada, vamos vencer Moçambique nossa terra gloriosa Pedra a pedra […]

consulte Mais informação
O tráfico de escravos na África

O tráfico de escravos na África

O tráfico de escravos de África para a América intensificou-se na segunda metade do século XVI e inícios do século XVII, quando os europeus começaram a explora, naquele continente, as plantações de cana-de-açúcar e tabaco. A partir dessa altura, milhares de escravos foram levados todos os anos com destino á América. O tráfico foi mais […]

consulte Mais informação
Capitalismo

Capitalismo

Capitalismo Capitalismo é o sistema económico que se caracteriza pela propriedade privada dos meios de produção — máquinas, matérias-primas, instalações e recursos humanos. Capitalismo é o sistema socioeconómico em que os meios de produção (terras, fábricas, máquinas, edifícios) e o capital (dinheiro) são propriedade privada, ou seja, tem um dono O capitalismo é um sistema […]

consulte Mais informação