Entidades da Administração Indirecta

Entidades da Administração Indirecta

Entidades da Administração Indirecta Autarquias; Empresas públicas; Sociedades de economia mista; Fundações públicas; Serviços sociais autónomos; Fundos especiais e fundos sectoriais de investimentos; Empresas subsidiárias, controladas, coligadas ou quaisquer outras de cujo capital a União tenha o controle directo ou indirecto; Empresas interestaduais de cujo capital social o Estado participe de forma directa ou indirecta, […]

consulte Mais informação
Modalidades, Tipos e Formas de Auditoria Governamental

Modalidades, Tipos e Formas de Auditoria Governamental

Modalidades, Tipos e Formas de Auditoria Governamental Tipos e formas de Auditoria Nos últimos anos, tem sido muito comum encontrar-se tanto na literatura técnica, como nos debates, seminários, congressos e outros eventos académicos, uma vasta enumeração de tipos de auditoria. Esse fato decorre da não-existência de uma classificação uniforme, que seja aceita por todos, para […]

consulte Mais informação
Função da Auditoria Interna

Função da Auditoria Interna

Função da Auditoria Interna De acordo com Morais e Martins (2013), auditoria interna é uma função independente de avaliação, criada no seio da organização, para dar resposta a determinadas necessidades, tais como: Garantir que a gestão de risco é adequada a fim de obter a consecução dos objectivos; Examinar e apreciar a razoabilidade, a suficiência […]

consulte Mais informação
Objectivo e Função da Auditoria Interna

Objectivo e Função da Auditoria Interna

Objectivo e Função da Auditoria Interna Objectivos da Auditoria Interna De acordo com Pinheiro (2010:31), o objectivo primordial da Auditoria Interna é o de auxiliar a empresa e todos os níveis de gestão no cumprimento das suas responsabilidades em promover sistemas de controlo adequado, visando a melhoria da performance e do desenvolvimento sustentável da empresa. […]

consulte Mais informação
Conceito e Finalidades da Auditoria

Conceito e Finalidades da Auditoria

Conceito e Finalidades da Auditoria Conceitos de Auditoria Interna A palavra auditoria deriva do latim “Audire”, aquele que ouve. O verbo “to audit”, que quer dizer examinar, certificar. O conceito de Auditoria tem sido alterado e actualizado ao longo do tempo. De acordo com Morais e Martins (2013, p;19), “a Auditoria é o processo sistemático […]

consulte Mais informação
Poder e a Economia: Ordenação, Intervenção e Actuação

Poder e a Economia: Ordenação, Intervenção e Actuação

Poder e a Economia: Ordenação, Intervenção e Actuação Económica “Noções prévias” Vejamos então quais os principais tipos de relações entre o poder político – podem tomar como sua forma protótipos de organização o Estado, sem prejuízo do que adianta se dirá – e a actividade económica, entendida como o processo orgânico de satisfação de necessidades […]

consulte Mais informação
Economia do Fenómeno Financeiro

Economia do Fenómeno Financeiro

A Economia do Fenómeno Financeiro (Economia Privada, Social e Pública) A actuação económica das pessoas, dos grupos e da sociedade pode ser exercida de diversas formas. Em alguns casos, achamo-nos perante indivíduos, famílias ou organizações de base contratual que, na produção, no consumo, na repartição ou na circulação, actuam como unidades individuais ou como organizações […]

consulte Mais informação
Sistema Capitalista

Sistema Capitalista

O Sistema Capitalista a) Razão de ordem Trata-se do mais antigo dos dois sistemas directamente emergentes da revolução industrial. A sua caracterização pode ser feita por uma serie de traços individualizadores: (1) Existência de um conjunto de instituições juridico-sociais típicas. (2) Um conjunto de princípios e leis económicas fundamentais, que regulam o funcionamento da vida económica. […]

consulte Mais informação
Finanças Públicas e os Sistemas Económicos – Sociais

Finanças Públicas e os Sistemas Económicos – Sociais

As Finanças Públicas e os Sistemas Económicos – Sociais a) Sistemas e estrutura I. Pela sua própria definição a actividade financeira configura-se de forma diferente, consoante o sistema económico-social em que se concretiza. II. Importa precisar – muito brevemente – o que se entende por sistema económico abstracto, estrutura económica e sistema concreto. Temos de […]

consulte Mais informação
Introdução ao Fenómeno Financeiro

Introdução ao Fenómeno Financeiro

Introdução ao Fenómeno Financeiro Como aspecto da realidade e objecto científico das finanças, há que caracterizar, pois, o fenómeno financeiro. Ele representa, talvez do modo mais significativo e expressivo, o estado das relações económicas entre as pessoas e instituições sociais, por uma lado, e o Estado do outro, com o seu estudo contem a visão mais […]

consulte Mais informação
Finanças Públicas e Finanças Privadas

Finanças Públicas e Finanças Privadas

Finanças Públicas e Finanças Privadas Numa primeira aproximação ao conceito de finanças públicas exige sua separação de outra nocao com que anda muitas vezes confundido e de que é rigorosamente distinto: as finacas privadas. Enquanto por financas privadas se entendem os aspectos tipicamente monetarios do financiamento de uma economia ou de um agente economico, cobrindo […]

consulte Mais informação

Auditoria Governamental

Introdução à Auditoria Governamental Não estão disponíveis, de forma detalhada e clara, na literatura técnica nacional, informações a respeito da história dessa actividade profissional, que é a auditoria. Sobre a origem da actividade de auditoria, menciona-se, apenas, que existem notícias de acções dessa natureza praticadas pelos sumérios. Mesmo em manuais e publicações de auditoria de […]

consulte Mais informação

Organização do Controle Externo e do Controle Interno

Fiscalização Contável, Financeira, Orçamentária e Patrimonial A fiscalização contável diz respeito aos procedimentos necessários para a avaliação e certificação de que a contabilidade do órgão/entidade regista adequada e fidedignamente os actos e factos que envolvem os sistemas orçamentário, financeiro e patrimonial, assim como a validação das transacções registadas, os registos completos, autorizados por quem de […]

consulte Mais informação

Introdução ao Estudo do Controle Estatal

Henry Fayol, junto com Frederick Winslow Taylor, foi um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento da Teoria Clássica da Administração. Actuando na corrente dos Anatomistas e Fisiologistas de Organização, seus trabalhos pioneiros fundamentaram esta importante teoria da ciência da Administração. Segundo Chiavenato (1977), Fayol define o acto de administrar como sendo: prever, organizar, comandar, coordenar e […]

consulte Mais informação
A importância da educação em vários contextos

A importância da educação em vários contextos

A Educação possui impacto em todas as áreas de nossa vida. A Educação é um direito fundamental que ajuda não só no desenvolvimento de um país, mas também de cada indivíduo. Sua importância vai além do aumento da renda individual ou das chances de se obter um emprego. Por meio da Educação, garantimos nosso desenvolvimento […]

consulte Mais informação
Estruturação do Sistema Nacional de Educação Moçambique

Estruturação do Sistema Nacional de Educação Moçambique

O Sistema Educativo actual tem 3 subsistemas: ensino pré-escolar, ensino escolar e ensino extra-escolar. Ensino pré-escolar O ensino pré-escolar é actualmente oferecido por creches e escolinhas do Ministério da Mulher e Acção Social (MMAS), das organizações não-governamentais ou comunitárias e pelo sector privado. Este subsistema, coordenado pelo MMAS, divide-se em dois níveis: o nível das […]

consulte Mais informação
A Formação do Sistema Nacional de Educação (SNE)

A Formação do Sistema Nacional de Educação (SNE)

Na sequência das reformas, em 1983, foi introduzido o SNE (Sistema Nacional de Educação). Apesar da rede escolar permitir maior acesso de crianças e jovens ao ensino, estas reformas produziram pouco impacto na elevação qualitativa do ensino primário: empregando professores com baixa qualificação e sem condições efectivas para a formação continuada, não houve uma modificação […]

consulte Mais informação
A primeira reformulação do currículo escolar

A primeira reformulação do currículo escolar

Perseguindo uma formação integral dos indivíduos, baseada na unidade dialéctica entre a educação científica e a educação ideológica, o MEC (Ministério da Educação e Cultura), em 1975, procedeu à primeira reformulação do currículo escolar: introduziu programas de ensino com novos conteúdos, da 1a à 11a classes, e novas disciplinas, Educação Política, História e Geografia de […]

consulte Mais informação
A Educação no Período Colonial

A Educação no Período Colonial

O sistema da educação colonial era organizado em dois sistemas de ensino distintos, o Ensino Oficial que era destinado aos filhos dos colonos ou assimilados, que predominava nas vilas e cidades; o Ensino Rudimentar que se destinava aos chamados “indígenas” os nativos, e este desenvolvia-se nas zonas rurais (campo), em escolas das missões, controladas pela […]

consulte Mais informação
Glossário de Geografia Urbana

Glossário de Geografia Urbana

Cidade: Uma cidade ou urbe é uma área urbanizada, que se diferencia de vilas e outras entidades urbanas através de vários critérios, os quais incluem população, densidade populacional ou estatuto legal, embora sua clara definição não seja precisa, sendo alvo de discussões diversas. A população de uma cidade varia entre as poucas centenas de habitantes […]

consulte Mais informação
As Grandes Concentrações Urbanas

As Grandes Concentrações Urbanas

Os grandes aglomerados urbanos Conurbações urbanas: é o conjunto de uma cidade e do território urbanizado que a envolve e dela depende. Cidades-satélites: São núcleos urbanos que gravitam à volta de uma cidade, com algumas actividades próprias, mas dependendo para muitos serviços, da cidade principal. As grandes concentrações urbanas na Europa O desenvolvimento urbano europeu […]

consulte Mais informação
Os Tipos de Plantas

Os Tipos de Plantas

Plantas urbanas A planta urbana dá-nos a descrição morfológica da cidade, reflectindo a sua história. De acordo com o passado histórico da cada cidade e com a topografia da área, surgem diferentes formas urbanas, daí existirem diversos tipos de plantas. A planta urbana dá a descrição morfológica de cidade, reflectindo a sua história. Planta ortogonal As ruas […]

consulte Mais informação
As Funções de Cidade

As Funções de Cidade

Classificação das cidades As cidades podem ser agrupadas de acordo com a sua função dominante, ou seja com actividade ou serviço com maior relevância. Desta forma existe cidades com: i. Função industrial (onde predomina a indústria) Por exemplo: As cidades de Manchester e Liverpool (Inglaterra), Dusseldorf (Alemanha) e muitas outras. ii. Função político-administrativa (capital de […]

consulte Mais informação
A Evolução das Cidades

A Evolução das Cidades

A evolução mundial das cidades antes da Revolução Industrial As primeiras cidades surgiram antes do ano 3500 a. C no Médio Oriente (Ásia Menor) na Mesopotâmia, entre os rios Tigres e Eufrates. Essas cidades eram designadas cidade-estado entre as quais destacam-se a Babilónia, Uruk, Ur, Lagsh e Suméria. Outras estenderam-se no Egipto Antigo, China, Índia, […]

consulte Mais informação
As Cidades

As Cidades

Cidade: Conceitos básicos Situ designa-se o lugar preciso da implantação inicial da cidade. Por exemplo o situ da cidade de Maputo localiza-se entre Jardim Botânico e Museu da Moeda Nacional. Cidade é um centro de relações e de decisões onde se encontram pessoas, onde se trocam mercadorias, onde se difundem ideias e onde se reúnem […]

consulte Mais informação
Os Transportes e Comunicações e o Meio Ambiente

Os Transportes e Comunicações e o Meio Ambiente

Os transportes e comunicações e o meio ambiente Os transportes rodoviários são os maiores responsáveis da poluição e grande pressão sobre o ambiente, os recursos naturais (petróleo, gás natural, metais e outras fontes energéticas), saúde humana e ecossistemas. Na saúde humana, as poeiras, os fumos, fluidos e outras emissões gasosas e líquidas afectam directa e […]

consulte Mais informação