Apontamentos Degradação ambiental por dissolução

Degradação ambiental por dissolução

A dissolução é a forma mais directa da degradação urbana da pedra e é particularmente importante graças ao extensivo uso de calcários na maioria dos edifícios civis e religiosos, por exemplo, o uso de pedra de Portland importada para Belfast, destinada a edifícios como o City Hall e o Stormont.

No entanto, a dissolução não se restringe apenas aos calcários puros, mas, nos arenitos quartzíticos formados com um cimento de carbonato de cálcio, os grãos de areia podem-se soltar e posteriormente destacar-se, conforme o cimento vai sendo dissolvido.

Desta forma, a actividade química pode promover indirectamente a desintegração física da pedra.

A dissolução é a forma mais directa da degradação urbana da pedra e é particularmente importante graças ao extensivo uso de calcários na maioria dos edifícios civis e religiosos, por exemplo, o uso de pedra de Portland importada para Belfast, destinada a edifícios como o City Hall e o Stormont.

No entanto, a dissolução não se restringe apenas aos calcários puros, mas, nos arenitos quartzíticos formados com um cimento de carbonato de cálcio, os grãos de areia podem-se soltar e posteriormente destacar-se, conforme o cimento vai sendo dissolvido.

Desta forma, a actividade química pode promover indirectamente a desintegração física da pedra.

Os efeitos da dissolução são mais facilmente observáveis quando atacam estátuas e esculturas intrincadas, nas quais suavizam e arredondam todas as protuberâncias e arestas vivas.

Em tais casos é, frequentemente, difícil avaliar-se até que ponto já avançou a remoção de pedra por dissolução.

Recomendado para si:   Juízo de Fato e Juízo de Valor

As pedras tumulares nos cemitérios urbanos podem, por vezes, ajudar-nos a compreender este fenómeno, ao proporcionarem-nos um ponto fixo ou uma data a partir da qual as medições podem ser feitas.

As inscrições metálicas são especialmente úteis, já que podem ser usadas para se obter informação sobre as taxas de erosão da superfície.

Os efeitos da dissolução são mais facilmente observáveis quando atacam estátuas e esculturas intrincadas, nas quais suavizam e arredondam todas as protuberâncias e arestas vivas.

Em tais casos é, frequentemente, difícil avaliar-se até que ponto já avançou a remoção de pedra por dissolução.

As pedras tumulares nos cemitérios urbanos podem, por vezes, ajudar-nos a compreender este fenómeno, ao proporcionarem-nos um ponto fixo ou uma data a partir da qual as medições podem ser feitas.

As inscrições metálicas são especialmente úteis, já que podem ser usadas para se obter informação sobre as taxas de erosão da superfície.

Placa memorial em mármore uma placa memorial em mármore erigida em South Belfast em 1872, onde uma inscrição em chumbo, que originalmente foi fundida à face da superfície da pedra, está agora saliente desta.

Em certos casos, as letras foram sub escavadas até um tal ponto que caíram.

Pela medição da altura da letra acima da superfície da pedra, pode-se estimar o abaixamento da superfície ou a dissolução ocorrida desde 1872.

Recomendado para si:   Os Tipos de Agricultura: Agricultura Tradicional e Moderna

Infelizmente este tipo de medições apenas nos proporciona uma taxa média de dissolução durante um período de exposição total, e não podem mostrar quando é que essa taxa se alterou em resposta à, por exemplo, acidez da chuva.

Para se examinar esta questão, poderia ser útil examinar-se uma série de superfícies com idades diferentes, localizadas na mesma zona.

A taxa de dissolução também pode variar sobre uma mesma superfície. Na placa fotografada, por exemplo, parece ser maior perto da base, onde uma maior quantidade de água escorre sobre a pedra.

A menos que se esteja especialmente interessado sobre as causas desta variabilidade pontual, para se poder calcular um valor médio será necessário efectuarem-se medições numa certa quantidade de pontos.

Baixar Documento