Apontamentos Condensação superficial

Condensação superficial

A causa da condensação superficial está relacionada com o contacto entre a humidade carregada pelo ar e uma superfície adequadamente fria – qualquer superfície, inclusive paredes, pavimentos, caixas de ar de pavimentos, caixas de ar de tectos, etc.  

Quando a humidade carregada pelo ar chega perto da superfície fria, começa a arrefecer e a sua humidade relativa aumenta; quanto maior for esse arrefecimento, maior a humidade relativa desse ar (lembremo-nos da água no balde grande que passa a ser um balde pequeno, conforme anteriormente explicado).

Em contacto com a superfície fria, a temperatura do ar cai abaixo da temperatura do ponto de orvalho e a água goteja como condensação.  

De onde provém esta água?  

A água vem do nosso “estilo de  vida” – apenas do nosso normal dia a dia. A quantidade de  água produzida pelas normais actividades domésticas pode ser muito considerável. 

Certas actividades, tais como a utilização de gás engarrafado e os  aquecedores de parafina acrescentam quantidades significativas de água ao ar, como produto secundário da queima destes combustíveis.

A secagem da roupa em cima de radiadores também acrescenta significativamente o vapor de água. Temos que considerar que a área superficial dos nossos pulmões é superior a 75 metros quadrados e que o ar quente  passa por esta superfície húmida entre 15 a 20 vezes por minuto, conforme nós respiramos; sendo novamente expirada para o ambiente! Na verdade, está registado que um cão grande pode produzir ainda mais vapor de água do que um adulto vulgar! 

Recomendado para si:   A Tradição do “Stucco” nos Estados Unidos
Origem do vapor de  água  

(média casa/dia) 

Quantidade  

aproximada de água  gerada  

(em litros) 

4/5 pessoas a dormir:  1.5 
2 pessoas activas:  1.6 
Cozinhados:  2.6 
Higiene pessoal:  1.0 
Lavagem de roupas:  4.0 
Secagem de roupas:  4.5 
Banhos/ lavagens:  0.5 
Total aprox.  15.7

Geralmente, as paredes e os pavimentos húmidos não acrescentam tanta água à já húmidos não acrescentam tanta água à já carregada pelo ar porque a evaporação da água a carregada pelo ar porque a evaporação da água a partir destas superfícies “estáticas” é muito lenta, partir destas superfícies “estáticas” é muito lenta, quando comparada com a respiração e com as quando comparada com a respiração e com as outras actividades humanas que produzem água outras actividades humanas que produzem água  activamente.

Na verdade, alguns números recentes activamente. Na verdade, alguns números recentes obtidos pelo British Research Establishment obtidos pelo British Research Establishment através da utilização de um modelo validado, através da utilização de um modelo validado, mostraram que um laje “saturada”, com 8 metros mostraram que um laje “saturada”, com 8 metros  quadrados, numa sala a 60 % RH e a 20 º C, quadrados, numa sala a 60 % RH e a 20 º C, perdia cerca de 36 ml de água por dia, ou seja 3 perdia cerca de 36 ml de água por dia, ou seja 3  colheres de chá cheias! Isto comparado com os colheres de chá cheias! Isto comparado com os cerca de 15 litros produzidos pelas actividades cerca de 15 litros produzidos pelas actividades domésticas correntes.  

Recomendado para si:   Noções de Estatística
Baixar Documento