Tinta Descascada entre Camadas

Causas da condição – A tinta descascada entre camadas pode ser resultado de uma inadequada preparação da superfície antes da pintura anterior. Ela ocorre mais frequentemente em áreas protegidas, tais como beirados e alpendres cobertos, porque estas superfícies não recebem uma lavagem regular pela água da chuva, pelo que os sais transportados aereamente pelos poluentes se acumulam sobre elas. Se não forem retirados por limpeza, a nova demão de tinta não vai aderir adequadamente, pelo que “se vai descascar”.

Outro tipo vulgar de causa para a tinta descascada entre camadas é a incompatibilidade entre tipos de tinta. Por exemplo, se for aplicada uma tinta de óleo em cima de uma tinta de látex, por vezes pode acontecer o descascar da camada superior porque, conforme vai envelhecendo, a tinta de óleo vai ficando mais dura e menos elástica do que a tinta de látex. Se for aplicada tinta de látex sobre uma tinta de óleo velha e pulverizada, também pode resultar em tinta descascada porque a tinta de látex é incapaz de penetrar a superfície pulverizada e aderir.

Tratamento recomendado – Em primeiro lugar, onde os sais e as impurezas tiverem provocado o descascar da tinta, a área afectada deve ser lavada cuidadosamente depois de ter sido raspada, e a seguir seca a pano.

Finalmente, a superfície deve ser lixada à mão ou mecanicamente, e depois repintada.

Quando o descascar for consequente da utilização de tintas incompatíveis, a camada superior de tinta descascada deve ser raspada e lixada à mão ou mecanicamente. A aplicação de um primário exterior de óleo, de elevada qualidade, irá proporcionar uma superfície sobre a qual pode ser usada com sucesso uma camada superior quer de óleo, quer de látex.