Apontamentos Tábuas de pavimento infectadas

Tábuas de pavimento infectadas

Antecedentes:

Uma casa de quinta de grandes dimensões foi totalmente reabilitada e acrescentada. Foram assentes novas tábuas de pavimento em carvalho Inglês seco ao ar, com pregação oculta, sobre um isolamento – cerca de £ 16.000 de custos (uma grande casa).

Cerca de oito meses depois apareceram furos espalhados por todo o soalho da casa com “vulcões” de serradura ao redor de cada um. O proprietário foi simplesmente informado que o “bicho da madeira” tinha infectado as tábuas após o seu assentamento.

Investigação:

A inspecção mostrou evidências claras de uma infestação activa (os insectos estavam de facto a emergir no momento da inspecção).

Os furos, a serradura (tipo farinha) e os insectos eram todos Lyctus brunneus – um tipo de caruncho.

Encontraram-se três outros insectos vivos nas tábuas:

  • Ptilinus pectinicornis – macho e fêmea (atacam o borne de uma gama limitada de madeiras “hardwood” europeias).
  • Capricórnios da floresta (Phymatodes testaceus) – encontrados na face inferior de uma das tábuas (ver a fotografia).
  • Também foi encontrado um pequeno capricórnio da floresta na face superior da tábua. Era um Pyrrhidium sanguineum que apenas foi encontrado uma vez num lugar do Reino Unido; é, no entanto, vulgar na Europa.

Os capricórnios tinham infectado a madeira ainda com a sua casca presente, muito antes de o pavimento ter sido assente.

Recomendado para si:   Situações Internacionais (Direito Bancário)

Conclusão:

É muito improvável que o Lyctus Brunneus infecte madeira “hardwwod” no lar (a sua origem mais comum está nos armazéns e nas estâncias de madeira); o mesmo é verdade para o Ptilinus.

Além disso, neste caso, tinha passado um tempo insuficiente para um ciclo de vida completo.

Portanto, as tábuas tinham sido infectadas muito antes do seu fornecimento e assentamento e, dada a natureza da madeira, o método de fixação e a estrutura do soalho, todas as tábuas tiveram que ser levantadas e devolvidas ao seu fornecedor por não terem qualidade comercial. A presença do Pyrrhidium sugeria de certa forma que a origem do carvalho possivelmente não era a Inglaterra, como especificado.

Baixar Documento