Sector público reduzido

Sector público reduzido

Por esta razão, o sector publico e reduzido substancialmente em relação a anteriores períodos históricos, desfazendo-se o Estado de muitas actividades que ate ai desenvolvia. Geralmente os sectores públicos no liberalismo não iam além dos 10 a 15 por cento do produto nacional.

Entendendo que era a iniciativa privada que devia deixar-se a prossecução do bem-estar geral, nomeadamente no domínio produtivo, o Estado abandonou ate actividades produtivas que tradicionalmente vinha exercendo e reduziu o seu património, que aumentará durante o mercantilismo.