Apontamentos Relações de parte-todo – holonímia / meronímia

Relações de parte-todo – holonímia / meronímia

A holonímia é uma relação de hierarquia semântica entre palavras, em que o significado de uma (o holónimo) refere um todo do qual a outra (o merónimo) é parte constituinte.

A meronímia é uma relação de hierarquia semântica entre palavras, em que o significado de uma (o merónimo) remete para uma parte constituinte da outra (o holónimo).

Exemplos:

  • Planta (holónimo) → raiz, caule, tronco, folhas, ramos, flores (merónimos);
  • Casa (holónimo) → quarto, sala, cozinha, despensa (merónimos).

De acordo com o Dicionário Terminológico, «As relações de holonímia/meronímia distinguem-se das de hiperonímia/hiponímia na medida em que nestas há uma transferência de propriedades semânticas que não se verificam naquelas.

Por exemplo, “sardinha” é hipónimo de “peixe”, porque também é “peixe”.

Já a palavra “escama” não pode ser encarada como um hipónimo de “peixe”, uma vez que, apesar de ser uma parte do peixe (merónimo), não é um subtipo de peixe».

Recomendado para si:   Relação das Tintas Tradicionais Naturais
Baixar Documento