Apontamentos Quadro Indicativo

Quadro Indicativo

A natureza e o estado do material da fachada, por um lado, e a intensidade da deposição, por outro, determinam a escolha do método susceptível de oferecer tecnicamente os melhores resultados sobre cada fachada bem específica.

Os métodos que, em função dos materiais, se podem revelar mais ou menos apropriados para a limpeza das fachadas.

Os materiais mais correntes estão aí apontados.

As diferentes técnicas de limpeza aparecem sob uma denominação resumida fazendo no entanto referência à correcta aplicação da técnica, tal como descrita neste documento no parágrafo mencionado.

A apreciação «aconselhado» indica que o método em questão permite uma eliminação relativamente boa das deposições, sem alterações sensíveis do material suporte.

Onde dois símbolos forem indicados no quadro, o primeiro refere-se à limpeza de materiais fortemente incrustados e o segundo à manutenção de materiais poucos cobertos por deposições.

Para os monumentos classificados, a escolha do método realiza-se de maneira mais estrita, limitando-se por exemplo às técnicas muito pouco ou não abrasivas.

É evidente que este quadro não pode substituir a competência e a experiência.

Apenas pode ajudar numa primeira selecção dos métodos de limpeza utilizáveis em função de critérios técnicos, devendo esta escolha ser ponderada em função de condições específicas da obra ou de critérios económicos.

Recomendado para si:   O conceito de palavra no estruturalismo
Baixar Documento