Os Tipos de Plantas

Plantas urbanas

A planta urbana dá-nos a descrição morfológica da cidade, reflectindo a sua história. De acordo com o passado histórico da cada cidade e com a topografia da área, surgem diferentes formas urbanas, daí existirem diversos tipos de plantas. A planta urbana dá a descrição morfológica de cidade, reflectindo a sua história.

Planta ortogonal

As ruas cruzam-se em ângulos rectos formando um enorme “tabuleiro de xadrez”. É caracterizada pelos traçados geométricos regular com ruas direitas e perpendiculares entre si.

Estas cidades apresentam as suas desvantagens:

  • Não é propícia para áreas de relevo acidentado;
  • A área é ocupada pelas ruas é considerável;
  • Dificulta a fluidez do trânsito, pois os sucessivos cruzamentos em ângulo recto.

Planta radioconcêntrica

Esta associada à cidade-mercado, desenvolveu-se a partir de uma praça onde, se situa uma igreja ou catedral, em sucessivos anéis concêntricos, muitas vezes delimitadas por muralhas.

Na planta radioconcêntrica as vias são circulares e as ruas são radiais. Permite o acesso mais rápido com a área central da cidade.

Planta irregular

Corresponde à maior parte das cidades europeias da Idade Média e sobretudo da área mediterrânica. As ruas, além de sinuosas, apresentam-se normalmente estreitas.