Apontamentos Modificações da Superfície

Modificações da Superfície

Entre as modificações da superfície, distinguem-se:

  • A patine (patine): transformação da superfície do material (por fenómenos de oxi-redução ou outros), que produz com o decorrer do tempo uma mudança da cor ou da textura, não provocando a destruição do material. Exemplo: patine cinzenta do Petit Granit, patine esbranquiçada das pedras de Meuse ou cinzenta ocre das de Tournai, patine dourada do lédien,…
  • A carbonatação (calcin): camada coerente de espessura variável, que se forma sobre paramentos calcários; resulta de uma transformação da matéria da superfície; a sua composição geralmente não é precisa e só pode ser determinada por uma análise. Trata-se de uma modificação do teor em calcário da superfície, quase sempre associada à presença de sulfato de cálcio (gesso).
  • As crostas (encroûtement): partes endurecidas não aderentes à superfície de um material, consequentes da ligação de depósições pelo calcário ou pelo gesso. Exemplo: as crostas negras e espessas que afectam mais frequentemente as pedras calcárias pouco expostas às chuvas.
  • A alteração (alteration): modificação física ou química provocando a destruição progressiva do material; as suas principais manifestações são as roturas consequentes do gelo ou de quaisquer acções mecânicas (desgaste, quebra, exfoliação, pulverulência, …) a corrosão, a erosão, a alveolisação, os “cancros” por sulfatação, etc.
Recomendado para si:   O despejo depois do julgamento
Baixar Documento