Apontamentos Limpeza com Emplastros/ Compressas

Limpeza com Emplastros/ Compressas

Os emplastros estão geralmente associados à limpeza em pequena escala mas podem ser potencialmente úteis para a limpeza geral de fachadas de edifícios.

As exigências comerciais para se trazerem os custos dos emplastros de limpeza para a concorrência com outros métodos menos dispendiosos, tais como a tradicional limpeza com água, levaram ao desenvolvimento de emplastros aplicados por spray.

Em certos casos, os emplastros ou as compressas à base de argila podem ser a melhor opção de limpeza.

Os emplastros podem ser usados em combinação com outros métodos de limpeza.

Por exemplo, pode ser usado um emplastro à base de hidróxido de sódio para amolecer e remover a sujidade densa e os depósitos negros de “carvão” na face inferior das molduras e de outros pormenores salientes, usando-se um abrasivo suave, ou possivelmente um método de limpeza por água, para se limparem as restantes áreas de sujidade ligeira da fachada.

Esta combinação de métodos numa única fachada pode proporcionar frequentemente mais controle, removendo a sujidade pesada dos moldes e enriquecimentos decorativos com menos riscos de se produzirem danos ou de se limpar exageradamente, do que se for usado apenas um único método de limpeza.

Os emplastros também podem ser usados como o principal método de limpeza, para a redução ou remoção da sujidade numa fachada.

Recomendado para si:   Análise Microquímica

A limpeza por emplastros é frequentemente escolhida para fachadas pormenorizadas onde são necessários maior controle e cuidado durante o procedimento de limpeza.

A sujidade que tenha penetrado profundamente no substrato de alvenaria é muitas vezes mais facilmente removida por um emplastro do que por qualquer outro método.

A limpeza por emplastros também pode ser usada como um pós tratamento para se removerem áreas de manchas que podem surgir durante a limpeza geral de uma fachada.

Os emplastros simples de argila vão, normalmente, mobilizar e remover as manchas solúveis em água, tais como as manchas castanhas ou as descolorações por vezes deixadas nas fachadas de pedra de Portland, ou de outras pedras de cor pálida, pelos métodos de limpeza com água.

O uso incorrecto de emplastros químicos pode provocar danos, por exemplo pela mobilização de novas materiais geradores de manchas existentes no substrato e por inadequada neutralização ou lavagem posterior.

As adequadas neutralização e lavagem posterior com água corrente são necessárias para a remoção dos resíduos potencialmente danosos, na sequência de qualquer procedimento de limpeza com químicos.

Todos os materiais dos emplastros devem estar de acordo com os regulamentos COSHH (Control of Hazardous Substances to Health) e CDM (Construction [Design and Management]).

Estão à venda muitos produtos e equipamentos de limpeza apenas para seren usados por utilizadores registados ou aprovados, e devem ser consultadas as notas técnicas de todos os produtos antes da sua utilização.

Recomendado para si:   Crescimento de bolor

É essencial que se proceda à execução de ensaios no local antes de qualquer programa de limpeza de fachada, para se estabelecer qual o método mais eficiente e para se indicar o “nível de limpeza” que pode ser atingido sem riscos de danos na superfície da alvenaria.

Em mãos inexperientes, qualquer agente de limpeza ou qualquer equipamento de limpeza pode provocar graves danos nas superfícies.

A limpeza de fachadas históricas só deve ser executada por especialistas em conservação de alvenaria qualificados, desde a fase da especificação, passando pelos ensaios no local e pela execução do trabalho.

Baixar Documento