Expansão e penetração mercantil europeia

Expansão e penetração mercantil europeia

A expansão e penetração mercantil europeia, também é chamada Era dos grandes descobrimentos geográficos, teve lugar nos séculos XV a XVII. Culminou com o inicio da exploração colonial da África, Ásia e América.

As causas da expansão e penetração mercantil europeia

Falta de metais preciosos

O desenvolvimento do comércio criou na Europa a necessidade de metais preciosos para o fabrico de moeda. Era, pós, a moeda que dinamizava as trocas comerciais, dentro e fora da Europa.

Encarecimentos dos produtos vendo de oriente

As relações comerciais que a Europa estabelecia com oriente, onde provinha as especiarias (cravinho, pimenta, noz-moscada e canela) e outros produtos beneficiavam sobre todo os comerciantes muçulmanos. Eram estes que transportavam os produtos de oriente para o mediterrâneo, onde os vendiam a intermediários europeus. Estes destribuiam as mercadorias dos restantes mercados europeus, tornando os produtos muitos caros. A Europa necessitava de um meio mas baratos para adquirir as especiarias.

Procura de caminho segura para a Índia

Os muçulmanos, inimigos da Europa cristãos, dificultavam a passagem pelo mediterrâneo na busca dos produtos Asiáticos. Para evitar desta situação, os europeus começaram a procurar o caminho mais seguro.

Recomendado para si:   Os Estados Marave
Baixar Documento