Apontamentos História do pensamento antropológico: Origem

História do pensamento antropológico: Origem

Introdução

A antropologia faz parte das ciências sociais e como qualquer
ciência, possui as suas características existenciais que o diferem de outras. Nesse sentido, serão abordados para esta unidade inicial as questões ligadas com a sua origem para:

Objectivos específicos

  • Conhecer a história do surgimento.
  • Dominar as características que diferem de outras ciências.
  • Identificação da finalidade da antropologia

Desenvolvimento

O surgimento da Antropologia aconteceu devido a curiosidade do respeito de si mesmo, independentemente do seu nível de desenvolvimento cultural. De acordo com autores como Francelin (2004), Batalha (2004), Assis (2008), Casal (1996) e Gusmão (2008) falam do surgimento da antropologia, apontando que surgiu na idade clássica, no século V ac. com a figura de Herótodo que é considerado o pai da antropologia, que caracterizou minuciosamente as culturas circulantes.

Os gregos foram os que mais reuniram informações sobre povos diferentes. De acordo com estes autores, até o século XVIII a antropologia pouco se desenvolveu.

Os estudos antropológicos iniciaram-se efectivamente a partir de meados do século XVIII quando a antropologia passa a adquirir sua categoria de ciência, quando Linneu classificou os animais, relaciona o homem entre os primatas.

Copans (1999) e Maía (2000) dizem que a Antropologia sistematizou-se como ciência depois que Darwin trouxe a teoria evolucionista. O progresso da antropologia no século X é resultado das descobertas anteriores relativas ao homem Franz Boas é considerado o pai da Antropologia Moderna, pois foi quem incentivou as pesquisas de campo em carácter científico (ASSIS, 2008).

Recomendado para si:   Resumo: Direito Indiano (Hindu)

A antropologia vem adquirindo importância cada vez maior no mundo moderno, onde o isolamento cultural é quase impossível e onde os contactos são inevitáveis e se multiplicam, levando muitas vezes a situações conflituantes.

Gusmão (2008) diz que a antropologia empenha-se na solução dessas situações, procurando minimizar os desequilíbrios e tensões culturais e tentando fazer com que as culturas atingidas sejam menos molestadas e seus valores e padrões respeitados.

Aplica conhecimentos antropológicos, físicos e culturais na busca de soluções para os modernos problemas sociais, políticos e económicos, dos grupos simples e das sociedades civilizadas (MAÍA, 2000).

Por isso mesmo que Casal (1996) corroborando com Peirano (1995) afirma que a finalidade da antropologia é o fornecimento do maior número possível de estudos sobre grupos humanos, uma vez que cada um deles é o produto de uma experiência cultural particular.

Baixar Documento