Apontamentos Fusos horários de Moçambique

Fusos horários de Moçambique

Um fuso horário define-se como sendo o espaço do globo terrestre entre dois meridianos de 15° percorridos pelo sol durante 1 hora ou 60 minutos.

Se a terra estivesse parada, logicamente que cada cidade ou localidade do mundo teria sempre um mesmo horário. 

Entretanto, é graças ao seu movimento de rotação que conhecemos a alternância dos dias e das noites, fazendo com que os horários não sejam sempre os mesmos para cada localidade da terra.

Como a esfera terrestre completa uma rotação de 360° em 24 horas, então em 1 hora ela percorre o equivalente a 15° de meridiano. Assim, cada espaço da terra equivalente a 15° de meridiano corresponde a 1 fuso horário e equivale em tempo a 1 hora. Então, 360° formam 24 fusos.

Cada fuso horário é atravessado ao meio por um meridiano denominado meridiano Central. Por exemplo, o meridiano de Greenwich é o meridiano central do fuso zero, ponto de partida do sistema de contagem horária.

As linhas que determinam os fusos horários não são regulares, visto que seguem geralmente sobre a superfície da terra o traçado das fronteiras (internacionais e internas), o que permite definir a mesma hora para cada país.

Para Moçambique, o meridiano central do fuso horário (fuso +2) que abrange este território é o meridiano 30° Este, que passa a Oeste da província de Tete.

Meridiano de Greenwich passa pela localidade de Greenwich em Londres, Inglaterra/Reino Unido, onde existe o Observatório Real, é o meridiano que serve de referência para os cálculos de distância em longitude e estabelecer fusos horários.

Recomendado para si:   Decisão de dividendos