Apontamentos Distribuição dos Solos em Moçambique

Distribuição dos Solos em Moçambique

Em Moçambique existe uma enorme variedade dos solos como resultado da combinação de diversos factores, tais como condições geológicas e climáticas, entre outros.

  • Na Região Norte, onde predominam rochas do Precâmbrico e com precipitação abundantes, os solos predominantes são os argilosos variando entre os franco – argiloso – avermelhados que ocupa a maior área, e os argilosos vermelhos e castanhos profundo com boa permeabilidade e drenagem.
  • Na Região Centro predominam solos francos – argilosos – arenosos – avermelhados. No curso médio e inferior do Rio Zambeze predominam solos fluviais com elevada fertilidade.
  • Na Região Sul predominam solos arenosos de baixa fertilidade e baixo poder de retenção de água sendo intercalados por solos arenosos brancos fluviais e marinho. Ao longo dos vales dos rios Incomáti e Limpopó encontram – se solos fluviais de alta fertilidade.

A Influência da Rocha – mãe na Distribuição dos Solos

A Rocha – mãe fornece os constituentes minerais ao solo. As rochas superficiais expostas ao ar livre estão sujeitas á influência dos agentes atmosféricos, bem como á acção dos seres vivos. Uma vez formado este pode ser arrastado por vários agentes erosivos e redistribuidos.

E do modo geral, os solos do território moçambicano são influenciados pela Estrutura Geológica (rochas do Pré – Cambrico e do Fanerozóico).

As rochas do Pré – Cambrico (rochas vulcânicas), abragem maior parte dos territórios da região Norte e Centro, no interior, predominam solos maduros (Solos Zonais), isto é, solos franco – argiloso – avermelhados, argilosos – vermelhos e castanhos profundos com boa fertilidade e drenagem.

Recomendado para si:   Tipos de Sujidade

Enquanto no litoral Norte, Centro e Sul do rio Save (com maior abragência), predominam as rochas do Fanerozóico, e os solos são arenosos brancos fluviais e marinhos, com baixa fertlidade.

Resumo

Em Moçambique existe uma enorme variedade dos solos. É influenciado em grande medida pela estrutura geológica (rocha – mãe).

Na Região Norte e Centro (no interior), onde predominam abundantes rochas do Precâmbrico e com precipitação, os solos predominantes são os argilosos variando entre os franco – argiloso – avermelhados que ocupa a maior área, e os argilosos vermelhos e castanhos profundo com boa permeabilidade e drenagem e solos francos – argilosos – arenosos – avermelhados. No curso médio e inferior do Rio Zambeze predominam solos fluviais com elevada fertilidade.