Conceito de imteperismo e formação dos solos

Imteperismo e formação dos solos

O imteperismo é um processo natural de decomposição ou desagregação das rochas dos solos e seus minerais, constituído por cação dos efeitos químicos, físicos em biológicos que resultam da sua exposição ao agente externo.

Imteperismo físico é aquele em que as rochas se decompõem fisicamente e não se altera da sua composição química.

Imteperismo químico é aquele que ocorre a decomposição e altera-se a composição química

Os principais agentes de imteperismo são: Clima e o Relevo.

CLIMA esse agente de imteperismo tem a tendência de determinar a quantidade de chuva e temperatura que atingirá a rocha alterando quimicamente o clima e determina a quantidade de vento o que altera fisicamente as rochas.

RELEVO determina o fluxo de agua e a sua infiltração no solo em terrenos mas íngremes a infiltração de agua no solo e baixa em quanto que em superfície mas implantada e maior.

Basicamente os solos se formam a partir do processo de decomposição das rochas de origem, chamada de rocha mãe.

Isso significa que no inicio, não existiam solos na terra mas apenas grasnes variados grupos rochosos que foram lentamente desgastada pelo clima pela ação da agua, dos ventos e também pelos seres vivos.

Na formação dos solos pode considerar duas etapas:

1ª. A desintegração e a decomposição das rochas oriundas os componentes minerais.

2ª. A incorporação e a decomposição de organismos animais e vegetais dando origem aos componentes orgânicos.

Cada rocha e cada maciço rochoso se decompõem de uma forma própria. Porções mais fraturadas se decompõem mais intensamente do que as partes maciças, e certos constituintes das rochas são mais solúveis que outros.  As rochas que se dispõem em camadas, respondem ao intemperismo de forma diferente para cada camada, resultando numa alteração diferencial. O material decomposto pode ser transportado pela água, pelo vento, etc. Os solos são misturas complexas de materiais inorgânicos e resíduos orgânicos parcialmente decompostos. Para o homem em geral, a formação do solo é um dos mais importantes produtos do intemperismo. Os solos diferem grandemente de área para área, não só em quantidade (espessura de camada), mais também qualitativamente. Os agentes de intemperismo estão continuamente em atividade, alterando os solos e transformando as partículas em outras cada vez menores. O solo propriamente dito é a parte superior do manto de intemperismo, assim, as partículas diminuem de tamanho conforme se aproximam da superfície.

Os fatores mais importantes na formação do solo são: ação de organismos vivos, rocha de origem, tempo (estágio de desintegração/decomposição), clima adequado, inclinação do terreno ou condições topográficas.