Apontamentos Causas dos Danos

Causas dos Danos

Nas fachadas caiadas, posteriormente revestidas com tintas de emulsão plástica, tintas baseadas em cimento ou tintas modernas de silicone, ocorrem frequentemente juntas degradadas pelo gelo e empolamentos.

Particularmente as casas antigas construídas com tijolos moldados manualmente, assentes com argamassas de cal, estão numa área perigosa.  

causa dos danos é frequentemente devida ao facto de os materiais modernos usados no tratamento de fachadas serem muito impermeáveis, o que provoca uma diminuição da natural transmissão da humidade e do vapor.

A humidade fica acumulada atrás das superfícies, a partir de  onde vai evaporar lentamente, pelo que se irão depositando cristais os quais continuam a crescer.  

Isto é mostrado pela experiência e está documentado pelos assim chamados números PAM (valor dado pela pressão vezes a humidade).

Os valores PAM dos materiais acima mencionados são os seguintes:  

  • Caiação: 0,0 a 0,4  
  • Tintas baseadas em pó de cimento: 0,8 a 1,0  
  • Tintas de emulsão plástica: 2,0 a 7,0  

Estes números enfatizam que a cal é o material que sem dúvidas oferece maior difusão.

A ortância das superfícies abertas da cal, comparadas, por exemplo, com materiais mais impermeáveis é revelada por todos os danos que ocorreram durante os últimos anos e que estão  relacionados com os tratamentos superficiais modernos.

A argamassa de cal bem endurecida é  adicionalmente deteriorada se estiver enclausurado por um material com um elevado número PAM.  

Recomendado para si:   Capricórnios da Floresta (Família Cerambycidae)

Outros danos são provocados pela água que penetra a partir do exterior, através de fissuras finas, e que se acumula atrás do tratamento superficial impermeável sem ter a possibilidade de evaporar rapidamente através desse revestimento superficial denso.

A acumulação de água na  alvenaria leva à formação de cristalizações e de danos por congelamento durante o inverno, os  quais se manifestam por desagregações nas juntas e pela formação de depósitos calcários. 

Baixar Documento