As Principais Rotas Mundiais

As principais rotas mundiais

As principais rotas marítimas estão na costa do Atlântico de Norte; uma linha constituída desde a América do Sul, passando pelas Caraíbas, América do Norte, Europa Ocidental ate Mediterrâneo. A outra rota liga o Extremo Oriente, passando o Canal de Suez (no Médio Oriente) até o Mediterrâneo cujo maior negócio é o petróleo e matéria-prima. As verdadeiras potências marítimas são: a ex. URSS, os EUA, a China, Japão, O Reino Unido, A Noruega, Hong Kong e a Grécia.

Relativamente, as rotas aéreas, a maior densidade regista-se sobretudo nos países mais industrializados do mundo, sobretudo na Europa Ocidental, América do Norte e Japão. Dos grandes aeroportos destacam-se os de Londres, Paris (Charles de Gaulle), Frankfurt, Nova Iorque, Boston, Toronto, São Francisco e Tóquio.

As principais rotas ferroviárias unem as costas ocidental e oriental dos EUA e algumas regiões industriais na Europa Ocidental e na Ásia das monções. A desigualdade está no nível de desenvolvimento económico e o passado colonial entre os países do Sul e Norte.

A importância dos transportes e comunicações

  • É um meio de globalização;
  • Reduz a distância entre diferentes lugares e pessoas;
  • Reduz o tempo entre diferentes lugares e pessoas;
  • Permite o transporte de pessoas e bens entre diferentes países;
  • Permite a ligação entre lugares de produção e de consumo;
  • Permite a importação e exportação de produtos dos países do interland;
  • Estimula o desenvolvimento de outros sectores económicos;
  • Permite a difusão de ideias, tecnologias e culturas de diferentes países;
  • Permite a redução de assimetrias (diferenças) entre o campo e cidade e em entre diferentes lugares.