Apontamentos Amostras aleatórias ou casuais

Amostras aleatórias ou casuais

Obtém-se por um sorteio que respeite a condição de definição das amostras representativas: deve-se garantir que cada elemento (ou dado) da população tenha a mesma probabilidade de fazer parte da amostra.

Para esse efeito, a situação ideal é aquela em que dispomos de uma lista exaustiva da população, ou seja, de uma base de sondagem. É conhecida e diferente de zero a probabilidade dos elementos da população fazerem parte da amostra; a possibilidade de erro na generalização é quantificável.

Nas amostras não probabilística ou não aleatórias é igual a zero ou desconhecida a probabilidade de alguns membros da população fazerem parte da amostra, o que torna impossível a quantificação da possibilidade de erro na generalização.

Recomendado para si:   Erro sobre os Elementos de uma Causa de Desculpa
Baixar Documento