Apontamentos Acabamentos Estatuários Castanhos

Acabamentos Estatuários Castanhos

Os acabamentos estatuários são camadas de conversão. Nas camadas de conversão, a superfície do metal pode ser convertida num filme protector, geralmente um óxido ou um sulfito do metal envolvido, ou então é precipitado um composto que forma esse filme superficial.

O uso de soluções químicas é geralmente chamado de “oxidação”, apesar de o método mais antigo, e aquele que produz a mais vasta gama de tonalidades entre o castanho e o negro nas ligas de cobre produzir na realidade, não um óxido, mas sim um acabamento sulfuroso do metal, pelo emprego de soluções alcalinas sulfurosas.

Originalmente era empregue fel de enxofre, que consistia numa mistura crua de polissulfatos de potássio e tiossulfato, também chamado de sulfureto de potássio.

As modificações destas fórmulas envolveram o uso dos sulfatos de sódio, potássio, bário e amónio, que se diz produzirem diferentes sombras, mas quase todas as cores de sulfatos são actualmente produzidas com soluções de polissulfatos que se vendem na forma concentrada sob uma grande número de nomes de marca, geralmente chamados de “líquidos oxidantes”.

Todos os filmes de sulfato requerem uma escovagem áspera seca ou húmida para terem boa aparência, e vão parecer melhor durante mais tempo se forem protegidos por óleo, por cera ou, mais permanentemente, por uma boa camada superficial de laca transparente.

Recomendado para si:   Limpeza

O desejável contraste de cores pode ser produzido por uma escovagem áspera com massa de pedra-pomes, ou pelo uso de um composto de polimento “não gorduroso” aplicado com uma camurça de polir rotativa.

Em qualquer caso, a solução de sulfato empregue deve ser francamente diluída, já que as soluções concentradas podem produzir um filme frágil que se pode tornar “não aderente”.

Limpeza

A superfície metálica deve ser desengordurada com tricloroetileno, ou outro solvente similar.

Este não só limpa a superfície, mas melhora as características de corte dos abrasivos, se for feito um acabamento mecânico subsequente antes da aplicação da cor.

Limpa-se até um acabamento de brilho acetinado pelo uso de uma mistura de 5% de ácido oxálico e água com pedra-pomes da Índia finamente pulverizada.

A limpeza deve ser feita com uma escova razoavelmente firme e de cerdas curtas, na direcção do grão.

O metal deve ser novamente limpo pelo uso da mesma mistura acima referida e com um pano branco limpo molhado, sendo aplicada em conformidade com o movimento original.

O trabalho deve ser limpo com um pano limpo enxaguado em água limpa, após o que se deixa secar.

Acaba-se o metal com um esfregão, uma lixa ou outro abrasivo, ou com produtos abrasivos não gordurosos aplicados sobre uma camurça de polir rotativa.

Recomendado para si:   Igreja de Santo Cristo em Outeiro

Como operação final, dá-se uma esfrega manual ao metal com um esfregão fino (por ex. Scotch Brite ou outro) e uma “lama” de pedra-pomes e água, por forma a se garantir a completa remoção de qualquer filme superficial de óleo ou de gordura.

Removem-se então todos os vestígios de pedra-pomes por limpeza com um pano húmido ou com uma esponja.

Baixar Documento