Acabamento Tradicionais do “Stucco”

Até aos princípios do século XX, quando apareceram uma porção de novos acabamentos e texturas, a última camada do “stucco” era geralmente acabada à talocha com um areado fino e, depois, vincada ou marcada para imitar alvenaria de pedra aparelhada à vista. A ilusão das juntas da alvenaria era por vezes realçada com uma fina linha de massa de cal branca, de grafite ou de qualquer outro pigmento.

Alguns edifícios do século XIX exibem um embasamento ou fundações sobrelevadas de “stucco” muito áspero que as diferenciam do “stucco” das superfícies mais acima, as quais são areadas finas e vincadas. Entre outras novidades ou acabamentos texturados associados com os estilos de “época” ou revivalismos dos inícios do século XX, podem-se incluir: o acabamento “English cottage”, o “adobe” e o “Spanish”, as superfícies “peeble-dash” ou “dry-dash”, as texturas “fan” e “sponge”, os recticulados e os vermiculados, o “roughcast” (ou “wet-dash”), e o “sgraffito”.