Apontamentos A humidade na construção com terra

A humidade na construção com terra

A acumulação excessiva de humidade pode provocar que a terra atinja um estado pastoso e, se isso não for corrigido, acabar por entrar em colapso.

Por vezes, os colapsos e as superfícies empoladas são explicados como consequências de as paredes terem secado em excesso. No entanto, é questionável em que situações é que isso é mesmo assim.

É que muitos exemplos de chaminés em “cob”, aparentemente muito secas, sobrevivem em muito boas condições, em certas zonas do sudoeste de Inglaterra, frequentemente em casas onde já se perdeu, ou está seriamente ameaçada, grande parte do resto da estrutura em “cob”.

A superfície friável de uma parede em terra, que dá a aparência de ter ficado excessivamente seca, é mais provavelmente consequente da excessiva variação de humidade e de temperatura ao longo das estações do ano, particularmente quando o revestimento superficial é um ingrato reboco rígido de cimento.

As tensões criadas nestas situações, conjugadas com a humidade retida atrás desse reboco, podem fazer que a superfície da parede em terra fracture e fique pulverulenta, dando, por vezes, a aparência de ter ficado demasiadamente seca.

Existindo as adequadas condições de terreno, sendo mantidas conjugadas com uma adequada camada de embasamento, é improvável que a humidade ascendente seja a principal causa do excesso de humidade na base de uma parede em terra.

Recomendado para si:   Escolha da metodologia conservativa

Mais provavelmente, a humidade excessiva é consequente de a água ter encontrado um caminho através de fissuras numa camada de reboco que de outra forma seria impermeável, ficando retida, acumulando-se e, posteriormente, saturando a base da parede.

Conforme o nível de humidade vai aumentando na sua base, a capacidade de suporte de carga de uma parede vai ficando reduzida, exactamente no ponto dessa parede em que a carga é maior.

Isto pode provocar a consolidação e a formação de convexidades nessa parede, e que o seu reboco da base fendilhe e estale.

A falta de atenção a este problema vai resultar, provavelmente, no futuro colapso da parede.

Este pode ser muito dramático e súbito, especialmente quando tiver sido aplicado um reboco espesso e rico em cimento, o qual vai funcionar, durante uns tempos, como um taipal para a parede em terra saturada de água.

Baixar Documento