Um Material de Construção Prático

O “stucco” tornou-se tradicionalmente popular por um variado número de razões. Era um material barato que podia simular cantarias finamente aparelhadas, especialmente quando “escoradas” ou “alinhadas” numa tradição Europeia. Um revestimento de “stucco” sobre um substrato menos acabado ou menos dispendioso, tal como uma alvenaria irregular de pedra, uma alvenaria de pedra não aparelhada, uma alvenaria de tijolo, uma parede em troncos de árvore ou uma estrutura em madeira, davam ao edifício uma aparência de ser uma construção mais dispendiosa e importante.

Como revestimento protector contra a intempérie o “stucco” protegia o edifício contra a penetração do vento e da chuva, e também oferecia uma certa proporção de protecção contra o fogo. Embora o “stucco” fosse geralmente aplicado durante a construção, como parte do projecto do edifício, especialmente sobre as alvenarias de pedra mencionadas, em certas circunstâncias ele foi acrescentado posteriormente para proteger a estrutura, ou quando uma ascensão social do proprietário exigiu uma subida comparável no seu estilo de vida.