Apontamentos Relação de oposição – antonímia

Relação de oposição – antonímia

É a relação semântica entre duas ou mais palavras que, embora partilhando algumas propriedades semânticas que as relacionam, têm significados opostos.

Antónimos são, assim, palavras que apresentam significados opostos / contrários:

  • Alto / baixo;
  • Gordo / magro;
  • Jovem / velho.

Existem diversos tipos de antonímia:

1) Antonímia contraditória: a relação de oposição entre as palavras implica uma exclusão recíproca:

  • Vivo / morto;
  • Solteiro / casado;
  • Homem / mulher;
  • Macho / fêmea.

2) Antonímia contrária / graduável: neste caso, entre duas palavras de significado contrário existem um ou mais conceitos intermédios, significando que a relação de oposição é graduável:

  • Quente / frio – quente / morno / frio;
  • Cheio / vazio – cheio / meio / vazio.

3) Antonímia conversa: neste caso, a realçaõ de oposição obriga que, havendo inversão dos termos na frase, se utilize outra palavra para manter o mesmo sentido:

a) Eu dei um presente ao João.
a’) O João recebeu o presente do pai.

b) O Miguel é filho da Maria.
b’) A Maria é mãe do Miguel.

Este tipo de antonímia ocorre sobretudo no campo das relações de parentesco (marido/mulher), dos intercâmbios sociais (médico/paciente) e das relações temporais e espaciais (antes/depois).

Recomendado para si:   Selecção do Método de Limpeza
Baixar Documento