Apontamentos O despejo depois do julgamento

O despejo depois do julgamento

Uma vez decorridos os prazos esgotados, o proprietário entrega um pedido de apoio pela força pública ao Préfet. O número destes pedidos aumentou em 50% nos últimos 20 anos.

Dá-se lugar a uma diligência social. O Préfet pode «atrasar este apoio» entre vários meses e alguns anos.

Para além da pressão exercida sobre os ocupantes, que recebem avisos oficiais ou uma sentença expondo que eles irão ser despejados «caso necessário, pela força armada», as autoridades tornam-se mais pressionantes logo que o apoio policial é decidido, e o número destes apoios duplicou nos últimos 20 anos.

Restam, então duas semanas ao arrendatário para vagar sua a habitação.

Cada vez mais famílias ficam na habitação até à intervenção da polícia, sob risco de perderem alguns bens e valores de que dispõem, uma vez que estes desaparecem frequentemente nessa ocasião. O número de despejos executados mais do que duplicou, igualmente, nos últimos 20 anos.

As autoridades não exitam em montar operações de grande envergadura para a evacuação dos habitantes de um prédio inteiro.

Recomendado para si:   Regras Legais Sobre a Competência
Baixar Documento