Apontamentos Formas de Relevo Moçambicano

Formas de Relevo Moçambicano

Formas de Relevo Moçambicano

O relevo moçambicano, formou-se a partir, da interacção de agentes internos (tectonismo e abalos sísmicos) que são fenómenos endógenos responsáveis pela formação de montanhas, planaltos e planícies e agentes externos que são fenómenos exógenos responsáveis pelo processo de erosão (rios, ventos, animais e plantas, lagos, glaciares, acção humana, mares e oceanos).

Segundo a comissão nacional de Desenvolvimento sustentável (CNDS, 2002,p.3) relevo moçambicano é constituído por três (3) estruturas ou formas principais, a saber:

  • Planícies;
  • Planaltos e;
  • Montanhas.

De acordo com Guambe (2017, p.55), em Moçambique distinguem-se as seguintes formas de relevo:

  • Depressões – altitudes inferiores a 0 metro ou seja abaixo de nível médio das águas do mar.
  • Planícies – com uma altitude entre 0 metro (nível médio do mar) e os 200 metros.
  • Planaltos – constituem espécies de superfícies planas no alto com altitude que variam entre 200m a 1000m.
  • Montanhas – a sua altitude ultrapassa os 1.000m.

Assim, distinguem-se fundamentalmente, em Moçambique duas unidades planálticas:

  • Planaltos médios – com altitude entre 200m a 600m.
  • Planaltos altos ou altiplanaltos – com altitude a variar entre 600 m a 1.000m

Planícies

Uma planície é um campo ou um terreno sem altos e baixos. Trata-se, portanto, de uma superfície plana que se caracteriza pela sua igualdade. Isto é, planície (ou planura) é toda e qualquer área geográfica plana ou cuja ondulação seja inferior a 150 metros de altura em relação ao nível do mar (Filho, 2009, p.13).

Recomendado para si:   Remendo de Buracos em Paredes

Planaltos

Planalto é uma forma de relevo constituído por áreas elevadas com o cume mais ou menos nivelado, com certo grau de plenitude. Isto é, é uma região plana que está localizada em um local alto (Cumbe, 2007, p.37). Os planaltos são normalmente formados pela erosão provocada pelos ventos (eólica) ou pelas águas da chuva.

Montanha

As montanhas são um tipo de relevo, caracterizado por elevada altitude em relação à superfície do seu entorno (Cumbe, 2007, p.37).

Segundo CNDS (2002,p.3), no relevo Moçambicano existe uma certa sequência na sua disposição: do litoral para o interior o relevo vai de planície a montanha mas nalguns casos as montanhas ocorrem em plena planície.

Assim, de uma forma geral, o relevo moçambicano tem um formato de escadaria, pois, ao caminhar do litoral para o interior do país, temos três degraus. O primeiro degrau localiza-se ao longo do litoral e é formado por planícies, o segundo degrau situa-se na zona intermediária e é formado por planaltos, e finalmente o terceiro degrau no interior formado por montanhas. Para uma melhor compreensão vide as figuras.