Apontamentos As Migrações – As Causas e as suas Consequências

As Migrações – As Causas e as suas Consequências

As causas das migrações

De uma forma geral nos países de origem são motivadas por falta de emprego e de condições básicas necessárias para garantir uma vida com um mínimo de dignidade, perseguições políticas e/ou religiosas. Nos países de acolhimento, aceitam elementos jovens e adultos aos trabalhos mais duros e prestigiantes. Ora vejamos, em detalhes.

Vamos sentar em grupo, no entanto cada grupo vai descrever um factor de cada, e eu (professor (a) vou fazer anotação de resultado de cada grupo. Combinado?

i. Factores de ordem físico-naturais

  • Maus solos e climas
  • Calamidades naturais (secas, cheias e tempestades)
  • Esgotamento de solos
  • Desertificação
  • Disponibilidade de água
  • Pragas agrícolas
  • Disponibilidade de vegetação
  • Sismos e vulcões

Factores de ordem político-histórica

  • Guerras
  • Colonização
  • Tensões políticas ou militares e ideias políticas (ideologia)

iii. Factores de ordem socioeconómica

  • A procura de melhores condições de vida
  • Melhores salários
  • As epidemias e fome
  • Fracos investimentos
  • Desemprego

iv. Factores de ordem étnico-religiosa

  • Guerras tribais
  • Xenofobia
  • Perseguições étnico-religiosas

As consequências das migrações

De modo geral, nos países de origem verifica-se envelhecimento da população, diminuição das natalidades, motivadas pelo facto de um número significativo dos que emigram se encontrarem em idade de procriar. Nos países de acolhimento, necessitam de mão-de-obra pouco qualificada para reconstruírem as suas economias. Entre décadas de 1950 e 1990 verificou-se emigrações massivas para ex. RDA e RFA dos habitantes de Sul da Europa e África. Hoje em dia, o cenário mudou devido as reacções de carácter étnico, religioso e subida ao poder de regimes democráticos. De forma mais resumida, temos o seguinte.

Recomendado para si:   Implicações da estrutura da pedra sobre a sua degradação

No lugar de partida (saída)

  • Diminuição de efectivos populacionais
  • Diminuição da população jovem
  • Diminuição da produção e produtividade
  • Diminuição da mão-de-obra
  • Redução de natalidade e fecundidade
  • Desequilíbrio na estrutura demográfica
  • Envelhecimento da população

ii. No lugar de chegada

  • Crescimento da população
  • Aumento da população jovem
  • Aumento da produção e produtividade
  • Aumento da mão-de-obra
  • Aumento de natalidade e fecundidade
  • Desequilíbrio na estrutura demográfica
  • Falta de habitação
  • Desemprego
  • Aumento da criminalidade, marginalidade, mendicidade, prostituição e delinquência
  • Trabalho e prostituição infantil
  • Surgimento de bairros de latas e clandestinos