Os Movimentos Populacionais

O que entende por movimentos populacionais?

Os movimentos populacionais são um conjunto de acontecimentos de ordem natural (natalidade e mortalidade) e socioeconómicos (movimentos migratórios). Correcto! Vamos anotar no caderno.

As principais variáveis demográficas e os seus cálculos

As principais variáveis demográficas são as taxas de natalidade, mortalidade e taxa de crescimento natural da população.

Taxa de Natalidade (TN) é o número de nascimentos anuais ocorridos em uma determinada região em relação à população local. Esse dado não inclui os chamados “nado-mortos”, aqueles que nascem mortos ou morrem logo após o parto. Geralmente, essa relação é representada em percentagem (a cada 100 habitantes) ou em permilagem (a cada mil habitantes), sendo essa última a forma mais comum. Assim, temos que o cálculo da taxa de natalidade é:

TN = N x 1000
P

Onde: N – é o número de nados vivos e P – a população total. Multiplica-se, no caso, por mil para obter os dados em permilagem.

Taxa de Mortalidade (TM) é o número de óbitos anuais ocorridos em uma determinada região em relação à população local, também obtido em permilagem, o mais comum, ou também em percentagem. O cálculo da taxa de mortalidade expressa-se dessa forma:

TN = M x 1000
P

Onde: M é o número de óbitos anuais e P é a população total.

A diferença entre as taxas de natalidade e mortalidade representa o crescimento vegetativo de uma dada localidade, cidade, distrito, província ou país.

Agora, vamos a parte prática, calculando as TN, TM e o CV de uma cidade imaginária.

Exemplo: Calcule as taxas de natalidade, mortalidade e crescimento vegetativo (dados em permilagem) da cidade de Magicland, em 1980. Sabendo que tem uma população total de 200 mil. No entanto, no mesmo ano, houve uma incidência de 2.750 nascimentos, além de 1.830 óbitos.

Taxa de Natalidade:

TN = 2.750 x 1000 
200.000

TN = 13,75‰ – ou seja, nasceram cerca de 13 crianças para cada mil habitantes.

Taxa de Mortalidade:

TM = 1.830 x 1000 
200.000

TM = 9,15‰ – ou seja, faleceram cerca de 9 pessoas para cada mil habitantes.

Crescimento Vegetativo:

CV = TN – TM

CV = 13,75 – 9,15

CV = 4,6‰ – ou seja, houve um aumento natural de pouco mais de 4 habitantes para cada mil pessoas residentes na cidade.

A taxa de mortalidade infantil é o número de óbitos ocorridos em crianças com menos de um (1) ano, numa população por 1000 crianças nascidas vivas.

TN = Nº Óbito. 1 ano x 1000 
Pop Total

Crescimento natural ou vegetativo – representa a evolução do aumento do número de habitantes de uma dada região sem considerar o saldo migratório, ou seja, é o crescimento populacional envolvendo somente os habitantes oriundos do território em questão. Assim, para conhecer e quantificar o crescimento demográfico de um dado lugar, utiliza-se o cálculo das taxas de natalidade e mortalidade.

O crescimento natural da população é a diferença entre as taxas de natalidade e de mortalidade.

O crescimento natural é positivo, nulo ou negativo conforme a natalidade é maior, igual ou menor que a mortalidade. O crescimento da população apresentou, a partir da Revolução Industrial, ritmos diferentes no Mundo. Até ao início do século XX, a população Ásia, América do Norte, Europa Ocidental e até América Latina cresceram de forma significativa. Na Oceânia estabilizou-se e da África diminuiu. No século XX houve uma viragem, a população de África, Ásia e América Latina aumentou explosivamente. Na Europa, América do Norte e Oceânia o crescimento foi moderado e, nalguns casos, nulo.

Fecundidade

A fecundidade é o número de nascimentos por mulher na idade fértil (15 – 49 anos de idades) numa área geográfica e num dado período de tempo.

A taxa de fecundidade é o número de nascimento, em cada mil mulheres na idade fértil (de procriar) numa área geográfica e num dado período de tempo. Por exemplo um ano.

Esperança de vida ou longevidade

A esperança de vida é o número de anos que uma pessoa possa viver depois de nascer.

Depois de aprendida a lição, vamos testar o nível de aprendizagem da lição resolvendo os exercícios que se seguem. Bom trabalho!